As melhores baterias do mundo

| MUSIC
As melhores baterias do mundo
Fonte: listas.20minutos.es
As melhores baterias do mundo, de acordo com o meu ponto de vista.

TOP 25:
Joey Kramer (Aerosmith)
Joey Kramer (Aerosmith)
Sua primeira colaboração de autor com a banda foi para a música Pandora's Box, do álbum Get Your Wings, de 1974. Ele também aparece nos créditos de músicas como Kings and Queens e The Hand That Feeds.

TOP 24:
Ginger Baker (creme)
Ginger Baker (creme)
A maneira de tocar de Baker chamou a atenção por sua exuberância, carisma e uso pioneiro de duas baterias em vez de apenas uma. Firmemente convencido como baterista de jazz, ficou chateado quando se referiram a ele como baterista de rock. Embora ele às vezes agisse da mesma forma que Keith Moon, do The Who, Baker também empregava um estilo mais restrito, influenciado pelos grupos de jazz britânicos que ouvia no final dos anos 1950 e início dos anos 1960. Nos seus primeiros dias como baterista, ele tocava longos solos de bateria, dos quais o mais conhecido é uma peça de 16 minutos chamada "Toad", encontrada no álbum duplo Cream Wheels of Fire. Ele também é conhecido por usar uma variedade de outros instrumentos de percussão e por sua aplicação de ritmos africanos.


TOP 23:
Carl Palmer (Emerson, Lago e Palmer)
Carl Palmer (Emerson, Lago e Palmer)
Ele era frequentemente considerado um dos bateristas de Rock mais respeitados e influentes de todos os tempos. Palmer é um veterano de várias bandas, incluindo The Crazy World de Arthur Brown, Atomic Rooster, Emerson, Lake & Palmer e Ásia. Ele também contribuiu com trabalhos com Mike Oldfield.

TOP 22:
John Densmore (As Portas)
John Densmore (As Portas)
Desnmore dominou vários ritmos que o fizeram se destacar no mundo da bateria. Esse domínio de estilos pode ser visto em músicas como: "Strange Days", "People Are Strange", "Love Me Two Times", "The End", "Riders On The Storm" etc.

TOP 21:
Larry Mullen Jr. (U2)
Larry Mullen Jr. (U2)
Como a maioria dos jovens bateristas, Larry começou a experimentar um estilo mais extravagante, reduzindo-o gradualmente a uma força mais controlada do que atualmente demonstra. Existe uma arte enganosa na simplicidade (a expressão longa e arrojada que chega ao fundo da sala de concertos) e Larry e U2 são os mestres.


TOP 20:
Phil "Animal Filthy" Taylor (Motörhead)
Phil "Animal Filthy" Taylor (Motörhead)
Phil Taylor, mais conhecido como "Philthy Animal" Taylor ou "Philthy" Phil Taylor foi o baterista da banda britânica de heavy metal Motörhead entre 1975-1984 e 1987-1992.

TOP 19:
Marky Ramone (Ramones)
Marky Ramone (Ramones)
Marky Ramone é um baterista reconhecido principalmente por sua participação no grupo Ramones. Sua primeira aparição foi no álbum Road to Ruin no mesmo ano e ele tocou ao vivo pela primeira vez em 29 de junho.

TOP 18:
Alex Van Halen (Vah Halen)
Alex Van Halen (Vah Halen)
O mais antigo dos Van Halen foi caracterizado por ser um baterista que gosta de fazer um bom show, com solos de bateria intensos, solos até agora únicos e incomparáveis. É por isso que ele é considerado um dos melhores bateristas do mundo.


TOP 17:
Vinnie Paul (Pantera)
Vinnie Paul (Pantera)
Vinnie tocou em Pantera, Tres Diablos, Damageplan e Rebel Meets Rebel, todos com seu irmão Dimebag Darrell. Freqüentemente esses irmãos eram comparados a Alex e Eddie Van Halen pelo bom relacionamento entre eles.

TOP 16:
Charlie Watts (Os Rolling Stones)
Charlie Watts (Os Rolling Stones)
Ele foi contratado pelo The Rolling Stones em 1963 para substituir seu ex-baterista Tony Chapman e desde então permanece na banda, formando com o cantor Mick Jagger e o guitarrista Keith Richards a associação mais duradoura da história do rock. Segundo declarações de Jagger e Richards, ele é o verdadeiro líder da banda.

TOP 15:

Peter Criss "O Gato" (Beijo)

Peter Criss "O Gato" (Beijo)
Seu alter-ego ou nome artístico é "El Gato". Criss logo mostrou uma poderosa virtude de tocar de ouvido e muito bem, um fato impressionante e mais do que um incentivo justificado para o pai dele fazer todos os contatos possíveis para colocar Peter em um seminário com o maior baterista de jazz de todos os tempos: Gene Kruppa.


TOP 14:

Bill Ward (Sábado Negro)

Bill Ward (Sábado Negro)
Além de contribuir para a bateria como membro original do grupo, Ward cantou em duas músicas do Black Sabbath: It's Alright (o álbum Technical Ecstasy) e Swinging the Chain (do álbum Never Say Die!). "Criador do Heavy Metal"

TOP 13:

Stewart Copeland (A Polícia)

Stewart Copeland (A Polícia)
Ele é considerado um dos melhores e mais influentes bateristas de rock de todos os tempos. Sua maneira de tocar o instrumento influenciou bateristas famosos como Marco Minnemann, Chad Smith, Taylor Hawkins, Alex González (Maná), entre outros.

TOP 12:

Neil Peart (Arremetida)

Neil Peart (Arremetida)
Peart recebeu inúmeros prêmios pela maioria das performances que gravou e é amplamente respeitado por sua habilidade técnica e pela energia com que ele executa seu instrumento. Em termos de influência, ele é um dos bateristas mais importantes da história, referência obrigatória para milhares de artistas em todo o mundo e tem sido consistentemente reconhecido por especialistas como um dos maiores bateristas de rock de todos os tempos.

TOP 11:

Dave Lombardo (Assassino)

Dave Lombardo (Assassino)
Lombardo é conhecido por ser um baterista agressivo de thrash metal e sua execução foi definida como "incrivelmente inovadora", 4 que fez a revista Drummerworld chamá-lo de "o padrinho do bumbo duplo". Ao longo de sua carreira, ele teve uma grande influência na cena metal, tendo inspirado muitos novos bateristas no gênero.


TOP 10:

Phil Rudd (AC / DC)

Phil Rudd (AC / DC)
Conhecido por ser o baterista do AC / DC, ele é considerado o baterista original da banda; junto com Cliff Williams e os irmãos Young, ele forma a formação clássica do grupo. Sua etapa no AC / DC inclui de 1975 a 1983 e depois de 1994 até os dias atuais. Desde a saída do grupo por Mark Evans, ele se tornou o único membro australiano do grupo. Junto com os atuais membros da banda e Bon Scott, ele entrou no Hall da Fama do Rock and Roll em 2003.

TOP 9:

Steven Adler (Guns N 'Roses)

Steven Adler (Guns N 'Roses)
Steven Adler. Apelidado de "Popcorn", ele é o baterista do ADLER, conhecido principalmente por ser o baterista original da banda Guns N 'Roses. Com esta banda, Appetite for Destruction gravou um dos mais vendidos da história (27 milhões de cópias) e GN 'R Lies.

TOP 8:

Nick Mason (Pink Floyd)

Nick Mason (Pink Floyd)
Ele é o baterista do grupo britânico de rock psicodélico e progressivo Pink Floyd, do qual é, junto com Roger Waters, Richard Wright e Syd Barrett, cofundador.

TOP 7:

Ian Paice (roxo profundo)

Ian Paice (roxo profundo)
Sendo o único membro da banda que permaneceu em todas as suas formações. Considerado um dos bateristas mais influentes da história, ele é um dos poucos canhotos que toca bateria adaptada (outros, como Ringo Starr, aprenderam a tocar em equipamentos destros).

TOP 6:

Keith Moon (O Quem)

Keith Moon (O Quem)
Moon era conhecido por sua maneira dramática e emocionante de tocar bateria - frequentemente evitando ritmos básicos, concentrando sua técnica na velocidade, sublinhando as rolagens de bateria, manipulando ambidestro o bumbo duplo e batendo violentamente nos pratos.


TOP 5:

Roger Taylor (Rainha)

Roger Taylor (Rainha)
Suas melhores composições incluem I'm In Love With My Car (que ele cantou), Sheer Heart Attack, Radio Ga Ga (número 2 no Reino Unido e número 1 no mundo), A Kind of Magic (número 3 no Reino Unido) e 1 no mundo), Estes são os dias de nossas vidas (número 1 no Reino Unido) e Heaven for Everyone, o corte de maior sucesso do álbum Made In Heaven. Taylor também dublou em faixas do Queen como "The Loser In The End" do álbum Queen II, "I'm In Love With My Car" de A Night At The Opera ou "Rock It" de The Game.

TOP 4:

Dave Grohl (Nirvana)

Dave Grohl (Nirvana)
Ele foi baterista do Nirvana de 1990 até a dissolução da banda em 1994, após a morte do cantor e guitarrista Kurt Cobain. Em 1995, ele formou sua atual banda, Foo Fighters, sendo inicialmente o único membro e depois o vocalista e guitarrista.

TOP 3:

Ringo Starr (Os Beatles)

Ringo Starr (Os Beatles)
Ringo era um baterista com um ritmo perfeito, sabia dar ritmo a qualquer música e tem um registro de menos de uma dúzia de gravações no The Beatles.

TOP 2:

Lars Ulrich (Metallica)

Lars Ulrich (Metallica)
Sua maneira de tocar é muito variada, desde os ritmos simples de rock do álbum The Black Album, às partes complexas e rápidas de muitas das músicas dos álbuns mais pesados do Metallica, como Master of Puppets, Ride the Lightning ou ... E justiça para todos.

TOP 1:

John Bonham (Led Zeppelin)

John Bonham (Led Zeppelin)
Até hoje, ele é considerado um dos melhores bateristas de rock de toda a história, desde que mudou o foco do instrumento. Ele criou um estilo que consistia em um soco mais duro e com menos folhos, muito mais longe do jazz e do blues. influenciando poderosamente todas as gerações subseqüentes de tambores de rock, incluindo heavy metal.