As melhores festas da Espanha

| ENTRETENIMENTO
As melhores festas da Espanha
Fonte: listas.20minutos.es
Festivais de interesse turístico internacional (Espanha)

TOP 23:
Berga patum
Berga patum
A Festa do Patum de Berga √© uma celebra√ß√£o tradicional que ocorre durante as festividades de Corpus Christi na cidade de Berga, em Barcelona. Foi declarado pela Unesco como Patrim√īnio Cultural Imaterial da Humanidade em 25 de novembro de 2005 e inscrito em 2008 em sua lista representativa e, portanto, escolhido automaticamente como um Tesouro do Patrim√īnio Cultural Imaterial da Espanha, juntamente com o Mist√©rio de Elche. Anteriormente, em 1983, foi declarado pelo governo da Catalunha um festival tradicional de interesse nacional. La Patum foi fundada no final do s√©culo XIV como um festival essencialmente popular e est√° documentado desde 1525.

TOP 22:
Batalha naval de Vallecas
Batalha naval de Vallecas
A Batalla naval de Vallecas √© uma festa que acontece no distrito de Puente de Vallecas, em Madri, na qual os participantes jogam √°gua um no outro. √Č comemorado no domingo do segundo ou terceiro fim de semana de julho, inclu√≠do nos festivais populares da Virgen del Carmen.


TOP 21:
Paso del Fuego
Paso del Fuego
Paso del Fuego é uma celebração que ocorre na noite de San Juan, na cidade de San Pedro Manrique, na Espanha. À meia-noite, os Sanpedranos, precedidos por três trombetas, cruzam descalços, sem queimar, um caminho de brasas incandescentes dispostas como um tapete. A tradição determina que os três primeiros garçons a passar devem levar as três mondidas dos festivais. El Paso del Fuego foi declarado um festival de interesse turístico internacional em 2008.

TOP 20:
Carnaval na Andaluzia
Carnaval na Andaluzia
O carnaval √© uma celebra√ß√£o p√ļblica que ocorre imediatamente antes da Quaresma Crist√£, com uma data vari√°vel (do final de janeiro ao in√≠cio de mar√ßo, dependendo do ano), e que combina alguns elementos, como fantasias, desfiles e festas de rua. Por extens√£o, alguns festivais semelhantes s√£o assim chamados em qualquer √©poca do ano. Apesar das grandes diferen√ßas que sua celebra√ß√£o apresenta no mundo, sua caracter√≠stica comum √© a de ser um per√≠odo de permissividade e uma certa falta de controle.

TOP 19:
Feira do Cavalo
Feira do Cavalo
Juntamente com a P√°scoa, a Feira do Cavalo √© o maior e mais importante festival de Jerez de la Frontera (C√°dis). √Č declarado de interesse tur√≠stico internacional pela Secretaria de Estado do Turismo e Com√©rcio, pertencente ao Minist√©rio da Ind√ļstria, Turismo e Com√©rcio da Espanha


TOP 18:
Rapa das bestas
Rapa das bestas
La Rapa das Bestas é o nome de um festival cultural e turístico que consiste em cortar a crina dos cavalos que ocorrem nos curros (áreas fechadas onde os cavalos são coletados) mantidos em vários locais da Galiza (Espanha). São utilizados o cavalo mestiço galego e o cavalo de raça pura galego. A mais conhecida é a rapa das bestas de Sabucedo, na prefeitura de La Estrada, que dura três dias: o primeiro sábado, domingo e segunda-feira de julho. De fato, dá o nome à celebração (Rapa das Bestas de Sabucedo), enquanto na maioria dos lugares as pessoas falam sobre trabalho, como o trabalho de Valga, etc.

TOP 17:
Corridas de cavalos Sanl√ļcar
Corridas de cavalos Sanl√ļcar
O Sanl√ļcar Horse Racing √© uma competi√ß√£o equestre realizada anualmente na praia do munic√≠pio espanhol de Sanl√ļcar de Barrameda, na Andaluzia. Sua organiza√ß√£o corresponde √† Sociedade de Corridas de Cavalos Sanl√ļcar de Barrameda e √† C√Ęmara Municipal de Sanl√ļcar. Estas s√£o as segundas corridas de cavalos de estilo ingl√™s que foram regulamentadas na Espanha, desde que as primeiras foram realizadas na Alameda de Osuna em 1835 e foram realizadas novamente em 1843 e 1849. Por esse motivo, as corridas de Sanl√ļcar, que datam de a partir de 1845, s√£o os mais antigos dos celebrados na Espanha1. S√£o declarados festival de interesse tur√≠stico andaluz, nacional e internacional. Juntamente com as corridas de San Sebasti√°n, Sevilha, Mijas, Dos Hermanas fazem parte do circuito equestre espanhol.

TOP 16:
Peregrinação de El Rocío
Peregrinação de El Rocío
A Romer√≠a del Roc√≠o √© uma manifesta√ß√£o da religiosidade popular cat√≥lica andaluza em homenagem √† Virgen del Roc√≠o. A peregrina√ß√£o √© comemorada no fim de semana do domingo de Pentecostes. A Virgem fica no Eremit√©rio de El Roc√≠o, localizado na vila de Almonte com o mesmo nome, na prov√≠ncia de Huelva. A irmandade de Almonte √© respons√°vel pela organiza√ß√£o dos cultos e peregrina√ß√Ķes da Virgem.


TOP 15:

Feira de M√°laga.

Feira de M√°laga.
A Feira de Agosto, ou simplesmente a Feira de Málaga, é um evento festivo na cidade de Málaga, na Espanha. A história da Feira de Málaga comemora a tomada da cidade pelos monarcas católicos em 19 de agosto de 1487, incorporando-a à coroa de Castela.

TOP 14:

Tomatina

Tomatina
La Tomatina √© uma festa realizada no munic√≠pio valenciano de Bu√Īol, na qual os participantes jogam tomates um no outro. √Č comemorado na √ļltima quarta-feira do m√™s de agosto, localizada na semana do festival Bu√Īol.

TOP 13:

Batalha de vinho

Batalha de vinho
A batalha do vinho é um Festival de Interesse Turístico Nacional, 1 que ocorre anualmente na manhã de 29 de junho, festa de San Pedro, na cidade de Haro, La Rioja (Espanha). Consiste em embeber outros participantes com vinho tinto até que fiquem completamente roxos e ocorre cerca de 6 km ao norte da cidade de Haro, na área de Los Riscos de Bilibio, localizada ao lado do local conhecido como Las Conchas, para o qual o Ebro faz sua entrada em La Rioja.


TOP 12:

Carnaval nas Ilhas Can√°rias (Tenerife)

Carnaval nas Ilhas Can√°rias (Tenerife)
O Carnaval de Santa Cruz de Tenerife det√©m, juntamente com o Carnaval de C√°diz, a maior considera√ß√£o pelas partes concedidas pelo minist√©rio com compet√™ncias de turismo na Espanha. √Č considerado o segundo carnaval mais popular e conhecido internacionalmente, depois dos realizados no Rio de Janeiro (Brasil). De fato, a cidade de Santa Cruz de Tenerife √© g√™mea da cidade do Rio de Janeiro por esse motivo. Al√©m disso, vale ressaltar que o padre Anchieta, de origem tenerife, fundou esta cidade juntamente com S√£o Paulo no s√©culo XVI.

TOP 11:

Feira de Abril

Feira de Abril
√Č conhecida como Feira de Abril pelo conjunto de estandes e atra√ß√Ķes instalados no recinto de feiras do bairro Los Remedios para a celebra√ß√£o do festival local em Sevilha (Espanha).

TOP 10:

Festa de S√£o Jo√£o

Festa de S√£o Jo√£o
A Noite de San Juan √© um festival de origem muito antiga, geralmente ligado a fogueiras ou fogueiras, ligado √†s celebra√ß√Ķes em que foi celebrada a chegada do solst√≠cio de ver√£o no hemisf√©rio norte, cujo principal rito √© acender uma fogueira . O objetivo desse ritual era "dar mais for√ßa ao sol", que a partir desses dias estava se tornando "mais fraco" - os dias estavam ficando mais curtos at√© o solst√≠cio de inverno. Simbolicamente, o fogo tamb√©m tem uma fun√ß√£o "purificadora" nas pessoas que o contemplaram. √Č comemorado em muitas partes da Europa, embora esteja especialmente enraizado na Espanha, Portugal (Fogueiras de S√£o Jo√£o), Noruega (Jonsok), Dinamarca (Sankthans), Su√©cia (Midsommar), Finl√Ęndia (Juhannus), Est√īnia (Jaanip√§ev) e Reino Unido (Solst√≠cio de ver√£o). Na Am√©rica do Sul, o Brasil tem Festas Juninas, no Paraguai, Bol√≠via, Chile, Peru e Venezuela na noite de San Juan. A noite de San Juan tamb√©m est√° relacionada √†s antigas tradi√ß√Ķes e lendas espanholas, como a Lenda dos Encantados.

TOP 9:

Grande Semana de Bilbau

Grande Semana de Bilbau
A Grande Semana de Bilbau (em basco: Bilboko Aste Nagusia), é o principal festival de Bilbau, no País Basco, na Espanha, que é comemorado anualmente por 9 dias a partir do sábado seguinte a 15 de agosto, a festa da Assunção de Nossa Senhora .


TOP 8:

Fiestas del Pilar

Fiestas del Pilar
As Festas do Pilar s√£o as festas padroeiras de Sarago√ßa (Arag√£o, Espanha) que s√£o celebradas em homenagem √† Virgen del Pilar, padroeira da cidade. Eles acontecem na semana de 12 de outubro, na qual a festa patronal √© celebrada. Em geral, as festividades come√ßam no fim de semana anterior ao dia 12 e duram at√© o domingo seguinte, durando cerca de dez dias. Nas Fiestas del Pilar, ocorre um bom n√ļmero de eventos festivos, organizados pela Prefeitura, a que se juntam poucas iniciativas privadas de organiza√ß√Ķes ou grupos privados que aproveitam a semana para organizar exposi√ß√Ķes, concursos e outras atividades de interesse popular.

TOP 7:

Semana Santa

Semana Santa
A Semana Santa √© a comemora√ß√£o crist√£ anual da Paix√£o, Morte e Ressurrei√ß√£o de Jesus de Nazar√©. Por esse motivo, √© um per√≠odo de intensa atividade lit√ļrgica dentro das v√°rias confiss√Ķes crist√£s. Come√ßa no Domingo de Ramos e termina no Domingo de P√°scoa, embora sua celebra√ß√£o geralmente comece em v√°rios locais na sexta-feira anterior (sexta-feira de Dolores) e seja considerada parte dela no domingo de P√°scoa. A Semana Santa √© precedida pela Quaresma, que termina na Semana da Paix√£o, onde a Eucaristia √© celebrada na Quinta-Feira Santa, a Crucifica√ß√£o de Jesus √© comemorada na Sexta-feira Santa e a Ressurrei√ß√£o na Vig√≠lia Pascal durante a noite do S√°bado Santo ao Domingo. da ressurrei√ß√£o. Durante a Semana Santa, numerosas amostras de religiosidade popular ocorrem em todo o mundo, destacando as prociss√Ķes e representa√ß√Ķes da Paix√£o.

TOP 6:

Carnaval de Cadiz

Carnaval de Cadiz
O Carnaval de C√°dis √© um dos carnavais mais famosos da Espanha, pelo qual foi reconhecido (juntamente com o Carnaval de Santa Cruz de Tenerife), como sendo de Interesse Tur√≠stico Internacional (√ļnico na Espanha com tanta distin√ß√£o). Em julho de 2009, passou a fazer parte da lista dos dez tesouros do patrim√īnio cultural imaterial da Espanha. Por seu lado, em 2010, o Carnaval de C√°diz e o Carnaval de Santa Cruz de Tenerife foram g√™meos. Todos os anos e durante os meses de janeiro e fevereiro, o Carnival Group Contest √© realizado no Gran Teatro Falla.

TOP 5:

Descida internacional de Sella

Descida internacional de Sella
A descida internacional de Sella √© realizada no primeiro s√°bado de agosto ap√≥s o dia 2 desse m√™s entre Arriondas e Ribadesella (principado das Ast√ļrias - Espanha), com uma rota de 20 km ao longo do rio Sella. O teste √© organizado pela Federa√ß√£o Espanhola de Canoagem e por delega√ß√£o pelo Comit√™ Organizador da Descida Internacional de Sella e pela Federa√ß√£o de Canoagem do Principado das Ast√ļrias, e foi declarado Festival de Interesse Tur√≠stico Internacional.

TOP 4:

Fallas de Valência

Fallas de Valência
Las Fallas são festivais com uma tradição profundamente enraizada na cidade de Valência e em diferentes cidades da Comunidade Valenciana, que ocorrem de 15 a 19 de março. Atualmente, essa festa se tornou uma atração turística muito importante, pois é classificada como um festival de interesse turístico internacional. Essas festas também são chamadas festas josefinas ou festas de Sant Josep (em Valência), pois são comemoradas em homenagem a San José, padroeiro dos carpinteiros.


TOP 3:

Sanfermines

Sanfermines
As festas de San Ferm√≠n ou San Fermin (em Basfer Sanferminak) s√£o uma celebra√ß√£o em homenagem a San Ferm√≠n que acontece anualmente em Pamplona, capital da Comunidade Foral de Navarra. As festividades come√ßam com o lan√ßamento do chupinazo (foguete) da varanda da Prefeitura de Pamplona √†s 12 horas do dia 6 de julho e terminam √†s 24h do dia 14 de julho com o "Pobre de m√≠", uma can√ß√£o de despedida. Uma das atividades mais famosas de San Fermin √© a corrida dos touros, que consiste em uma rota de 849 metros em frente aos touros e que culmina na pra√ßa de touros. A corrida dos touros ocorre todos os dias entre 7 e 14 de julho e come√ßa √†s oito da manh√£, com dura√ß√£o m√©dia de dois a tr√™s minutos. As sanferminas t√™m uma origem que remonta a v√°rios s√©culos, embora sua fama mundial seja um fen√īmeno recente, tamb√©m ligado √† dissemina√ß√£o que Ernest Hemingway lhes deu; S√£o festivais √ļnicos e, sem d√ļvida, o evento pelo qual Pamplona √© mais conhecida no mundo. Sua apar√™ncia atual, cosmopolita e multitudin√°ria, √© o resultado de uma lenta evolu√ß√£o hist√≥rica cujas origens remontam √† Idade M√©dia. Tr√™s celebra√ß√Ķes independentes est√£o em sua origem: os atos religiosos em homenagem a San Ferm√≠n, de antes do s√©culo XII, as feiras e as touradas, ambas documentadas desde o s√©culo XIV. A Igreja celebrou em 10 de outubro a festa de San Ferm√≠n, padroeira de Navarra. Cansada do mau tempo no outono, a cidade de Pamplona pediu ao bispo em 1591 que transferisse a celebra√ß√£o para 7 de julho, com a qual o prelado concordou. Nessa data, foram realizadas feiras em Pamplona com touradas. Dessa maneira, houve uma coincid√™ncia entre a celebra√ß√£o religiosa e a agita√ß√£o do parque de divers√Ķes, na qual os touros tiveram um papel essencial. Acredita-se que o festival de San Ferm√≠n seja comemorado em 24 de setembro. O santo padroeiro da cidade, San Saturnino, continua com uma celebra√ß√£o muito mais modesta em 29 de novembro. Para muitos visitantes, esse fato causa a confus√£o de pensar que San Ferm√≠n √© o santo padroeiro da cidade. Outra cren√ßa equivocada √© pensar que San Ferm√≠n √© o santo padroeiro de Pamplona, quando ele √© um dos Navarra. Honra, j√° que ... compartilhado com San Francisco por Javier. O santo padroeiro de Pamplona √© S√£o Saturnino ou S√£o Cernin, bispo de Toulouse e m√°rtir. O escritor americano Ernest Hemingway foi um dos que ajudou a divulg√°-los atrav√©s de seu livro Fiesta. Eles s√£o considerados uma das melhores celebra√ß√Ķes do mundo, juntamente com os carnavais do Rio de Janeiro, Veneza e Col√īnia e a Feira de Cerveja de Munique. A popula√ß√£o de Pamplona, durante esta semana de festividades, passa de 190.000 habitantes para mais de 2.800.000 pessoas.

TOP 2:

Festas de Cuéllar

Festas de Cuéllar
A corrida dos touros de Cu√©llar √© um popular festival espanhol declarado de interesse tur√≠stico nacional, que ocorre no √ļltimo fim de semana de agosto na cidade segoviana de Cu√©llar (Castela e Le√£o) e √© considerada a corrida mais antiga dos touros da Espanha at√© agora Nenhuma cidade apresentou um documento anterior ao que Cu√©llar datou no in√≠cio do s√©culo XIII.1 Atualmente, eles s√£o celebrados nas festividades em homenagem √† Virgen del Rosario, padroeira da cidade, embora originalmente os touros corressem. pelas festividades de San Juan, Corpus Christi e outras importantes celebra√ß√Ķes, como foi o caso do nascimento do pr√≠ncipe Don Juan, futuro Juan II de Castilla.

TOP 1:

Mouros e crist√£os de Alcoy

Mouros e crist√£os de Alcoy
O festival mouros e crist√£os nasceu como uma lembran√ßa do per√≠odo do poder mu√ßulmano na Pen√≠nsula Ib√©rica e das batalhas que alternavam o poder entre mu√ßulmanos e crist√£os. Em algumas √°reas costeiras, o partido se lembra da luta contra os piratas berberes dos s√©culos XV, XVI ou XVII. Nos √ļltimos tempos, esses festivais est√£o experimentando um crescimento espetacular, sendo realizado em diferentes cidades e vilarejos espanh√≥is no sudeste da pen√≠nsula, como a Regi√£o de M√ļrcia, Castilla-La Mancha, Andaluzia Oriental e especialmente a Comunidade Valenciana, especialmente na prov√≠ncia de Alicante. , onde atualmente est√° concentrado o maior n√ļmero de cidades que comemoram esse tipo de celebra√ß√£o.